sexta-feira, janeiro 25, 2008

Ser Português

portugues


Ser português é...

Levar arroz de frango para a praia.

Guardar aquelas cuecas velhas para polir o carro.

Ter tido a ultima grande vitória militar em 1385.

Guiar como um maníaco e ninguém se importar com isso.

Levar a vida mais relaxada da Europa,
mesmo sendo os ultimos de todas as listas.

Ter sempre marisco, tabaco e alcool a preços de saldo.

Receber visitas e ir logo mostrar a casa toda.

Ligar os máximos para avisar os outros condutores da polícia adiante.

Ter o resto do mundo a pensar que Portugal uma província espanhola.

Exigir que lhe chamem "Doutor" mesmo sendo um Zé Ninguém.

Passar o Domingo no "shopping".

Tirar a cera dos ouvidos com a chave do carro
ou com a tampa da esferográfica.

Axaxinar o Portuguex ao eskrever.

Ir à aldeia todos os fins-de-semana visitar os pais ou avós.

Ver diariamente pelo menos 8 telenovelas brasileiras na tv.

Já ter "ido à bruxa".

Filhos baptizados e de catecismo na mão,
mas nunca por os pés na igreja.

Ir de carro para todo o lado, aconteça o que acontecer.

Ter evacuado as Amoreiras no 11 de Setembro 2001.

Viver mal, e dizer que o governo que temos é bom.

Gracas a Deus, não ser espanhol.

Lavar o carro na fonte ao Domingo.

Não ser racista, mas abrir uma excepção com os ciganos.

Levar com as piadas dos brasileiros,
mas saber fazer piadas dos alentejanos.

Ainda ter uma mãe ou avó que se veste de luto.

Viver em casa dos pais até aos 30.

Acender o cigarro a qualquer hora
e em qualquer lugar sem quaisquer preocupações.
(antes da nova lei era assim...)

Ter bigode e ser baixinho(a).
(ainda há espécimens assim, mas poucos...)

Conduzir sempre pela faixa da esquerda.

Ter no mínimo três telemóveis.

Jurar não comprar azeite Espanhol nem morto,
apesar da maioria do azeite vendido em Portugal ser Espanhol.

Deixar a telenovela a gravar.

Organizar jogos de futebol solteiros e casados.

Ir à bola, comprar "pra geral" e saltar "pra central".

Gastar uma fortuna no telemóvel ,
mas pensar duas vezes antes de ir ao dentista.

Super-bock, tremoços, caracóis e marisco.

Cometer 3 infracões ao código da estrada em 5 segundos.

Gracas a Deus, não ser brasileiro.

Algarve em Agosto.

Ir passear de carro ao Domingo para a avenida principal.

Dizer "prontos" no fim de cada frase.

1 comentário:

Dianinha disse...

Adorei este post...infelizmente acho que é mesmo assim!
Obrigado pelo comentário de ontem no blog da Di....tem sido complicado com a alimentação. Acho que vou seguir o teu conselho. O chato é que no infantário estão sempre a dizer que ela não quer comer. Fazer o quê!?
Beijoquinhas doces
Cila