terça-feira, dezembro 02, 2008

Não arrisco dançar...

Ando a sentir-me meio triste, e decepcionada, é isso é mais isso.
Decepção.
Uma palavra que por vezes se apodera de nós e teima em ficar, deixando marcas que não se apagam.
Pelo contrário fazem de nós pessoas menos incautadas e mais "difíceis"em tudo, até em voltar a acreditar.

Eu estou a ficar cada dia mais "difícil", e não tento procurar culpados, não me adianta de nada, porque a tristeza essa existe e não passa depressa.
Estamos tão perto do Natal...
Nâo queria mesmo nada que isto tivesse acontecido.
Mas na vida giramos como numa sala de dança, tentando acertar o passo, para que essa dança nos dê prazer, caso contrário o melhor é ficarmos como espectadores, vendo e não arriscando dançar...
Eu não arrisco dançar...

3 comentários:

Vanessa. disse...

Concordo plenamente com as palavrinhas. E, se não soubermos dar o passo correcto, mais vale não arriscarmos dançar...

Dois beijinhos.

ONDINHAS disse...

Tu...não és mulher de ficar parada!

até porque o maior de todos os riscos é não arriscar...

beijinho grande minha querida

Luísa disse...

Queridas Vanessa e Ondinhas,

A decepção não me deixa mesmo arriscar um passo de dança, mas apenas como a vida continua quiçá eu não comece a dançar per a passagem de Ano?? quiçá cmg tudo pode acontecer!;)

Beijocas pás duas!