quarta-feira, abril 29, 2009

Saudades também pode ser...

Sábado à tarde na Casinha, a minha Lara andava como sempre, dentro e fora atrás de mim.
E insistentemente dizia:

"Oh Vó vamos correr?"

Por mero acaso tinha acabado de entrar um amigo do meu marido, que passou ali perto e o foi cumprimentar, ao que tive de lhe explicar, que com pessoas lá eu não podia correr.

Olhou-me e com um ar sério disse:

"Oh avó tenho saudades..."

"De quê amor?"

"De ir contigo "espejar" o lixo"

Da Casinha ao contentor do lixo, temos que percorrer um caminho e fazemos esse percurso sempre em corridas.

Sorri, pedi desculpas a quem estava, e anuindo disse:

"Então vamos lá matar saudades e despejar o lixo!"

Mal saimos o portão o riso inundou aquele rosto sem vergonha e a frase saiu pronta:

"E agora já podes correr?"

As gargalhadas resvalavam entre os passos de corrida e os gritos de alegria que ela dava.

No regresso, colhemos flores campestres para a mãe e o pai, e ela apanhou o pauzinho da praxe que depois enfia nos buraquitos encontra lá pelo quintal.

Felizes matámos saudades.


Foi a primeira vez que nos seus dois anos e meio de existência ouvi aquela voz dizer-me que tinha saudades...

E soube bem, muito bem mesmo!


Luísa

7 comentários:

PreDatado disse...

Essa palavra tão nossa que começamos a sentir logo desde pequenotes. O teu texto é um verdadeiro mimo. Eu ainda não tenho netos e fico com cá uma vontade que isso aconteça rapidamente quando se lêem testemunhos assim. :)
Bom dia!

mjf disse...

Olá!
Amiga é bom ver os netos a crescer...não é???
A Lara é super inteligente...
Espero que a minha filha um dia me presenteie com um miminho desses :=))

Beijocas

Rafeiro Perfumado disse...

Eu acho que algo assim até merece que se encha o lixo mais depressa, só para voltar a ver o sorriso.

Um beijo!

Pjsoueu disse...

Luisa:)

MInha adorável e doce Comadre:)

É tão prazeiroso" entrar aqui e ver as tuas correrias com quem tanto amas..

Ter saudade é bom é sinal que gostamos e desejamos estar junto....

Beijinhos saudosos:)
Pj

mau feitio disse...

pequenas coisas que nos fazem sorrir e é tão bom...


beijo

Quase nos 50 disse...

Delicioso.
Como só uma criança pode ser na sua inocência e pureza.
Feliz de quem tem uma "Lara" na sua vida.
Bjs

Pipinha disse...

Ohhh Luisa kida, que momentos únicos e maravilhosos! A tua netinha é uma ternura e tens toda a razão em ser uma Avó babadíssima!!
Parabéns neste dia dedicado a quem recebeu a dádiva maravilhosa da maternidade!
Desejo-te um dia muito feliz na companhia dos teus tesouros.
Beijinhos grandes e abraço meiguinho.