segunda-feira, novembro 24, 2008

Hoje não digo palavrões:)

Bom dia!

Hoje muito mais calma que na passada 6ª feira, prometo que não digo aqui nem 1 palavrãozito!
Sei que incomodam a muitos que aqui passam, sei também que a outros não os molesta, mas quando estou deveras irritada o palavrão é o meu melhor amigo.
O palavrão é o "grito" estóico que lanço, quando a revolta me assola, quando fico totalmente fora de mim.
Não o uso no quotidiano, como muitos fazem, mas quando é preciso dar o tal "grito" lá saem eles de chorrilho!
Paciência amigos, nunca disse que era perfeita:)


E por falar em perfeita...
Tive a Preciosa (Lara) no Sábado.

Tinha ido com a mãe ao cabeleireiro cortar o cabelo pela primeira vez.
Ohhhhhh, lá se foram parte dos caracóis!
Mas tinha de ser mesmo.
Entrou em casa e eu disse:
"Mas que miuda tão giraaaaaaa!"
A resposta foi rápida:
"Penteado!" (enquanto meneava vaidosa a cabeça)
Os risos começaram logo ali.
Eu sabia que ela anda vidrada em três filmes novos, e assim que fomos para a sala, eu com o ar matreiro de avó tonta, digo:
"Oh Lara, sabes que a avó tem aqui um dedo que adivinha... (e estiquei o dedo mindinho) é verdade olha lá bem... ele adivinha!
E sabes que me disse ele?
(entretanto o sorriso inundava o rosto dela e os olhos fixados no dedo que adivinha...)
Disse-me, que tu gostavas muito de ver... aiii como é que se chama.... o pular... ai não sei o resto..."
Aos saltos e a rir completa:
"Pular a xêca!!!!"
"É isso mesmo, boa! Mas o dedo também me disse que há mais outro filme... acho que é o das fa... fa... ai fa... quê?
- " Fadas Avó!!!"
-"Esse mesmo, poxa tava dificil heim! Mas ainda me disse o dedo que há outro que gostas tanto e até sabes dançar como ela.. é o da Ba... Ba... ai é Ba qualquer coisa!"
- "Barbieeeeee!!!"
- "Isso tás a ver que o meu dedo sabe tudo?"
O olhar compenetrado no dedo e o acenar que sim com a cabeça diziam de facto aquele dedo é mesmo sábio. E soltando em palavras o que pensava diz:
- "Dedo Avó divinha! Ah poix é!"
Gargalhadas mil, abraços até ao infinito e a avó dizia: "Como é bom brincar ao faz de conta!"


E agora vejam se se portam bem, não esqueçam que eu tenho um dedo que adivinha!
Ah poix é!


Boa semana e beijinhos


Luísa

3 comentários:

TERESA disse...

Linda Avó que sabe advinhar,que é ser pequenino e ter uma avó assim tão doce
Beijus mil para as duas

Teresa

Coragem disse...

Ui cuidado com esse dedo ;))))

Avó babada mas deliciosa.

Como poderias tu falar palavrões?

beijoca jeitosa mai linda

O QUATORZE disse...

Olá. Boa noite
É muito bonito e alegre o entendimento amoroso que os laços familiares saudáveis dão ás nossas vidas.
A felicidade de certos momentos é um lindo sentimento que enche a nossa alma.
Amizade
LUIS 14