segunda-feira, janeiro 05, 2009

Quero voltar "pás" férias!!!!

Depois de 15 dias de férias, voltar ao emprego começa assim:
Lugar para estacionar o carro na estação da Fertagus, não há...
Solução, estacionar quase em cima da passadeira e pedir aos santinhos que á noite o popó não esteja bloqueado.
Entrar á pressa na estação para comprar o título de transporte mensal, e.... de repente pensar,
" Mas eu não quero sair do país, não quero apanhar avião.... donde saiu tanta gente??"
Por momentos supus estar na Portela para viajar....
Perguntar á ultima pessoa da fila, "Esta fila á para a máquina ou bilheteira" e a resposta mal humorada da Srª ser: "Fique na fila que foi o que eu fiz!"
E eu obediente que sou, fiquei!
Chega a Ju (que tinha ficado a estacionar o carro) e diz " Tás na fila certa? Tens montes de gente à frente isto não será para a bilheteira?"
E resignada só disse. " sei láaaaaaaaa!"
Ela foi "assuntar" e veio tirar-me daquela fila, para ir para outra também grande, mas supostamente mais rápida pois que era para a máquina.
Olhamos aos relógios... 8h (estavamos em fila desde as 7.40h) e a Ju que ainda tinha titulo válido até amanhã segue para Lisboa e eu.. fico esperando a minha vez.
Faltam já só 3 pessoas! Boa!
Chega a funcionária da estação:
"Informamos quem está na fila que o multibanco da máquina de bilhetes está fora de serviço."
Olhei para as filas (sim que eram 2 filas, uma para a bilheteira e outra para a máquina) tinham crescido até fora da estação... e com cara de parva pedi de mansinho a duas pessoas que estavam atrás de mim, "Poderiam guardar o meu lugar enquanto vou ao multibanco levantar dinheiro?" a resposta foi simpática e recebei um belo sim claro!
Corre até ao 1º andar, fica em fila para tirar dinheiro, mete cartão faz a operação e sai a correr escada abaixo estava mesmo mesmo na minha vez!
8h 22m:
"Informamos os Srs. Passageiros que está a dar entrada, na linha nº 4 o combóio proveniente de Setubal e com destino a Lisboa."
Corre veloz pelo corredor desce a escada da gare, ( mesmo de saltos altos heim!!!) entra de sopetão na 1º carruagem que se lhe depara, e esbaforida lá se senta, tentando ficar sempre calma.
Porra pah!!!!!!!
Inda agora cá cheguei e já tou farta!!!!!!!!!!!!!!!!
Eu quero voltar pás férias!!!!!!!!!

3 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

Pois é Luísa, o mal de quem mora fora de Lisboa e trabalha cá... um autêntico pesadelo todos os dias...
Querida Amiga a vida também é feita de paciência... Concordas???
Muitos beijinhos de carinho e ternura,
Fernandinha

Coragem disse...

Ai Luisinha, que não tenho saudades nenhumas, dessas travessias...Fizeste-me recuar no tempo, +/- uns 15 anos, bolas pá que até fiquei cansada, das memórias e da tua narração, definitivamente...VIVÓ ALINTEJO
ahahahahahah

beijinho e a luta continua

Vieira Calado disse...

Recomeça a vida... recomeça o inferno...

Os avanços tecnológicos
"o desenvolvimento",
trazem o quê?

Preferia viver como viviam os nossos avós!


BOM ANO

para si.