quinta-feira, outubro 01, 2009

Um final feliz

Na Vida temos anseios, receios, bloqueios.

Falamos muito e às vezes calamos também.

Damos muita importância a pequenas coisas e deixamos passar grandes momentos...

Há gostos e desgostos.

Sorrisos...

Vontade de flutuar.
Rir até onde a boca esticar .
De noite ou de dia, é bom ter alguém que sorria!

Nos relacionamentos de hoje existe uma falta de encaixe, uma pequena peça que se perdeu e que é tão difícil encontrar.

Incompatibilidades existem... e acabam por destruir as relações, obscurecendo um lado incandescente da vida.

De um lado impera o desejo do caminho certo, guiado pela sensibilidade ou pela compreensão.

Do outro, pode não haver retorno ou simplesmente nada se fazer para melhorar.

Não é fácil ...

Se dos dois lados existir maturidade, sem deixar de lado uma boa novidade, que "tempere" a relação, tudo pode vir a ser melhor.

O equilíbrio desses factores é independente da idade, mas a corda bamba é justamente o raciocínio, a sensatez e a noção certa de onde se quer chegar.

Se um dia as duas partes resolverem seguir caminhos solitários, não deverá ficar na boca aquele gosto amargo de derrota, mas no coração um dia surgirá um certo alívio, por saber que tudo foi feito pelo "final feliz".

Se não deu certo, paciência!


Dedico o meu post de hoje a uma pessoa que amo imenso e a quem já não sei o que dizer para a fazer feliz.

3 comentários:

Joana disse...

Obrigada pelo post e pelo apoio incondicional. Não há palavras suficientes mas de alguma forma reconfortam. bjs

Madá disse...

Assim é feita a vida, de encontros e despedidas. alguns mesmo longe não se afastam de nós, do nosso pensamento. mas outras pessoas chegam a todo momento. e novas estórias são construídas, vividas e de novo novas partidas... como as eternas ondas do mar que quebram na praia continuamente e deixam marcas na areia. isso é a nossa vida. um dia essa areia e essas ondas darão em outras costas, começará outro ciclo... me lembrei de Maria Rita agora: "todos os dias é um vai e vem, a vida se repete na estação..."
beijinhos, lindas, fiquem com Deus. Torço para que tudo de bom vos aconteça!

Pjsoueu disse...

Luisa,

Querida amiga,
Concordo plenamente com a minha comadre, quando diz:

"Não é fácil ...

Se dos dois lados existir maturidade, sem deixar de lado uma boa novidade, que "tempere" a relação, tudo pode vir a ser melhor.

O equilíbrio desses factores é independente da idade, mas a corda bamba é justamente o raciocínio, a sensatez e a noção certa de onde se quer chegar.

Desejo que a pessoa que ama, aceite e resolva interiormente essa situação- deixa passar um tempo...

beijinhos
Pj