terça-feira, outubro 14, 2008

A egoísta serei eu?

Ontem acusaram-me de ser uma mulher egoista e egocêntrica.

Precisamente uma pessoa de quem sou amiga há anos, a quem ajudei em muitas áreas da sua vida, inclusivé na sua auto-estima e o seu lado emocional (instável por natureza).

Durante anos, apoiei, ajudei, dei tudo o que de melhor tenho para dar, e sem pedir nada em troca, de facto nada recebi, a não ser sempre queixas, lamúrias e a eterna auto-comiseração de que a pessoa faz juz de não abdicar.

O tempo foi passando, e eu fui reunindo hoje, e depois, factos que me levaram a acordar, a ver com outro olhar quem era a tal pessoa supostamente minha amiga.

Afinal a amiga era apenas eu, não havia reciprocidade, senti-me usada e sabem, é a pior coisa que se pode sentir...

Afastei-me, e a pessoa tornou-se invisivel nos meus afectos, sempre que me procurava falava sim, mas sem eu sentir nada de nada...

Ouvia, e passivamente era o "baú" dos lamentos, respirava fundo e abreviava a conversa antes de ser brusca e dizer o que de facto me ia na alma.

Mas nunca tive coragem de dizer: Chega!

Há poucos dias, veio de novo ter comigo, e desta feita dizia estar com um cancro no pulmão...

Já era o 2ª ou 3ª cancro que tinha e que depois dizia: "afinal não foi nada do que eu temia, desta já me safei".

Não sei como é que se pode brincar levianamente com coisas deste cariz, mas a pessoa em causa não olha a meios para que "tenham pena".

Como é que se pode querer que tenham pena?

Bem, a realidade é que esta saga do suposto cancro se vem a arrastar, e ao que sei (pelo que a pessoa diz) está a "ir ao IPO", fiz perguntas directas sobre a doença e tudo o que a envolva incluindo exames complementares de diagnóstico.
Para quem não sabe estou ligada à área da Medicina há 30 anos, é-me por conseguinte fácil saber, ter acesso a toda a informação de forma a entender as doenças e saber mais sobre cada uma.

Tiradas as dúvidas, conclui que tudo o que me vai sendo relatado, não é conclusivo em termos de diagnóstico, a única certeza é a existência de uma "massa" que terá que ser analisada para que se saiba exactamente a sua natureza.

Por tudo isto não tenho dado largas aos "desabafos" que surgem em catadupa dia após dia.

E ontem foi-me dito que eu sou uma mulher egoista e egocêntrica, porque não estou a dar apoio...

E isto é-me dito por alguém que talvez no espaço de 4 semanas me aborda diariamente para se lamentar e nunca me pergunta sequer: "como estás?"

A egoista serei eu?

Ou apenas estou como S. Tomé:
"Ver para crer"?
A cada dia que passa, mais fria fico em relação a esta pessoa, espero que em termos de saúde seja como das outras vezes: "rebate falso", mas fica a certeza de que comigo não pode contar para fazer os seus eternos jogos.
Se estou a ser egoísta, a bem da verdade neste caso, sou uma egoísta feliz e de consciência tranquila.





8 comentários:

Simão disse...

Olá, realmente acho que de egoista não tens nada...a outra pessoa sim,só olha para o umbigo dela e nem sequer dá valor à pessoa que tu és...quem me dera a mim ter alguém como tu por perto...

beijocas p ti e para a Lara

Teresinha disse...

oi luisinha eu sabia que algo de incomodava, deixa para lá não faças caso dessas pessoas pois não sabem o que é a amizade e o carinho com que tu muitas das vezes nos ouves e sabe Deus quantas coisas te vai na alma, mas sempre tens uma palavra amiga para nos dizeres.Bem Hajas amiga por seres assim. Tu fostes das poucas pessoas que me acarinhas-te quando foi o problema do meu marido isso nunca vou esquecer por mais anos que viva.
Que Deus te Abençoe.
Teresa

Coragem disse...

Bom dia Luisa,

Aiiiiiiiii, este texto, diz-me tanto Luisinha. assim tem sido a minha vida.
mas será possivel, não haver amizades, de dar e receber?
Será possivel, levar-mos a vida inteira a dar de nós, e num pequeno espaço de tempo, em que não o fazemos, somos apelidadas de isto e aquilo, será?

Fazes bem Luisa, fazes bem, mas foi assim, que dei por mim a ficar sozinha.

Beijinho

Luísa disse...

Querida Patricia (Mãe do delicioso Simão),

Bem Hajas pelo que me deixaste, e sabes que mesmo longe estou perto, é so dizeres Luisaaa e eu consigo chegar até ti na mesma!

Beijos imensos para ti e para o Simão.

A Lara tá óptima e recomenda-se começou a pisina no fds passado e adorou:)

Luísa disse...

Teresinha,

Não fiz contigo algo que não farias comigo, a amizade é mesmo isso querida e não é por acaso que a nossa cresceu e ao frutificar nos fez assim próximas.

Um beijinho doxe para esta amiga doxe!

Luísa disse...

Coragem Chérie

Eu sei que ctg se passam tb situações destas, sei que tb o sabor das desilusões não se esquecem, mas a vida continua, e sabes, mais vale só que ser usada.

E só não estás querida, tens amigas e amigos que são verdadeiros e mais, tens filhos deliciosos e..o teu admirável Xuxu...

Sabes que mais pobres são os que nos desiludem e tentam magoar, nós somos umas mulheres ricas e umas ricas mulheres:)

Beijosssssss Jeitosa!

sonhos disse...

Linda de egoista não tens nada.
Não merece isso sim a amiga que podia ter tido para sempre.
É verdade a mim tmb me doí sentir-me usada.

És sim uma grande amiga e Mulher

Beijinhos fofos

D.Antónia Ferreirinha disse...

Olha minha querida , este país está cheio de figuras coitadas.
E no meu entender a egoista não és tu.
Beijinhos.