quarta-feira, outubro 15, 2008

Impaciente...

Ai...
Ando impaciente!!!
Com tudo o que me rodeia e até comigo.
Não sei se é da chegada do Outono, se é da malvada da gripe que em mim se instalou vai para 15 dias e não me larga, se sou eu que estou a ficar velha, olhem não sei que se passa mas ando deveras impaciente.
Aquelas conversinhas de todos os dias que nada têm que me enriqueça, ou me faça ser uma pessoa melhor, dão-me nos nervos, ouço mas quase á beira dum ataque de nervos e capaz de explodir dizendo:
"Eh pahhh tou-me a cagar pa isso!"
Depois o dia a dia profissional, cada vez mais turbulento, mais alunos na Faculdade e aqui somos apenas duas funcionárias, a levar com as crises existências dos caloiros, a prepotência dos mais velhos, a eterna ignorância dos futuros projectos de médicos, fogoooo!
Não me estafem que já estou como diz a da novela "exaurida"!
Chego a casa quase num estado anímico, faço as tarefas do quotidino em perfeito arrastanço, e assim que posso enfio-me na cama, suspirando pelo descanso.
Descanso esse tão breve, porque e relógio acorda-me impertinente ás 6h da manhã e estou tão exausta como quando me deitei, e não foi porque fiz amor desenfreadamente, nada disso, é porque o cansaço não me larga.
É claro que isto me deixa impaciente.
É claro que me apetece ser "má" quando me queimam a paciência.
É claro que nada posso fazer, mas que ando impaciente ando mesmo!
Se eu pudésse hoje...
Fugia de mim!
Fogooooooooo!

3 comentários:

ONDINHAS disse...

Como eu te compreendo Luisa!!
às vezes apetece mandar tudo e todos para a "pata que os pôs"...mas isso passa...

beijo muito grande

Teresinha disse...

Beijinhos querida é só para ver se isso te passa, por cá anda na mesma será da p... da gripe.
teresa

sonhos disse...

Ai amiga deve ser deste tempo sim.
Para estes lados a paciencia anda de rastos. Mas à que pensar que amanhã será melhor.
Quanto à tua gripe vê lá se a mandar embora de vez.

Beijinhos