segunda-feira, junho 16, 2008

Momentos de Melancolia...

melancolia



Sou aquela que ama sem sempre ser amada,
Aquela que sofre por quem não merece,
Aquela que acredita nos outros
mas nem sempre nela própria.
Sou aquela que chora escondida,
Aquela a quem magoam sem dar conta,
Aquela que é frágil por dentro e forte por fora!

Sou aquela que pensa que tem muitos amigos mas tem poucos,
Aquela que ajuda os outros prejudicando-se a ela própria.

Sou aquela que é teimosa,
Aquela que tenta não desistir,
Mas aquela que acaba sempre por magoar o seu ser!

Sou aquela que tenta não magoar ninguém,
Aquela que luta para contrariar a sua vontade,
Aquela que nem sempre consegue aquilo pelo qual lutou!

Sou aquela que não vai desistir de ser feliz,
Aquela que anda a tentar mudar,
Aquela que quer ser uma pessoa ainda mais forte!

Sou aquela que vai lutar contra o buraco que se está a formar,
Aquela que vai apreciar todos os minutos da sua vida,
Aquela que não quer dar nas vistas mas que quer ser feliz!

Sou aquela que ama os poucos amigos que tem,
Aquela que vai tentar nunca os desiludir,
Aquela que os vai ajudar sempre.

Sou humana...
Sou aquela que também tem direito a errar e a fraquejar...

7 comentários:

Pjsoueu disse...

Luisa, é aquela que é humana,no desejo maior da paz interior e com os que a rodeiam.
É aquela que ama e que naturalmente, deseja ser compreendida e amada na mesma proporção.

Mas, na vida há sempre injustiças e mal entendidos.

Nunca desista de ser quem é. No entanto não deixe de se proteger cada vez mais. Há pessoas que nunca vão compreender o alcance do seu amor.
Continue a ser quem é: - Verdadeira, amorosa simples e muito humana.

Um beijo do cumpadri" Pj

Apenas... Amor aos Pedaços disse...

Oi querida
o que se está a passar contigo, não te deixes ir abaixo querida, olha que a vida é muito curta põe os olhos em mim, pois em pouco tempo fiquei sem a pessoa que amava, tu tens-me dado muita força para eu continuar portanto como mulher forte que és não deixes que te abatam pois como tu dizes e bem as arvores morrem de pé.
beijinhos linda sê muito forte teresa

Coragem disse...

Oh querida Luisa, andava eu aqui a unir os meus pedaços, tentar que o meu mundo não desabe, tentar que tudo o que tenho passado fique longe do meu olhar, para seguir em frente e tentar...esquecer

Quando me deparo com este post, que tudo, absolutamente tudo tem a ver comigo...connosco, a avaliar pelas palavras, que jurava serem minhas.

Querida Luisa, vamos fundar um clube? bora?

Vamos as duas de mãos dadas, recompor as forças para um lugar qualquer? bora?

Um beijo imenso de total compreensão

Pipinha disse...

Olá Luisa, gostei muito do teu cantinho, da música, das imagens, das tuas palavras escritas com o coração. Gosto muito de pessoas que tocam no coração dos outros.
Boa semana com muito carinho, paz e alegria no teu coração.
Beijinhos.

sonhos disse...

Mesmo que não consiga o que quer,não desista nunca.

Fala de amor, amizade, sentimentos nobres, adorei ler e me identifico com o texto.

Bjs

Luisa disse...

Queridos amigos e amigas,

As vossas palavrinhas foram um bálsamo para o meu coraçãozinho, que anda um cadito tristonho.

É impressionante o poder que as palavras têm...

Ora ferem como punhais ora nos aconhegam num afago.

As vossas foram palavras de afago, carinho e ternura.

Fiquei aocnchegadinha:)

Beijinhos pa todos e todas.

P.S - Coragem bora é formar um clube as mais "up" da blogosfera, pq andarmos nesta tristeza, não tá com nada!
Dá cá a mão e vamos tentar..Bora??:)
Luisa

Cila & Di disse...

Oiii Luisita! Volto e encontro-te assim...tristonha!? Gosto de ti como és! Toca a levantar esse astral!
Beijocas