terça-feira, maio 05, 2009

Ele há dias do caraças!!!!!!!!!!!

Há dias assim, parece que estão a correr bem e vai no fim do dia é o desastre!
Ontem ao fim do dia, vasculhando a minha mala dei conta que não tinha as chaves de casa!
"Empaniquei" ("empanicar" verbo inventado pela Ju).
Ligo à Ju e o directo dela toca e nada...
Ligo para o telemóvel e... chamada rejeitada!
"Empanicadinha" de todo, envio sms: "Ju!!!!!!!!!! Não tenho chave de casa!!!!!!!!!"
De seguida lá toca o telemóvel:

"Olha vens ter comigo ao Oriente e levas a minha chave, tu tem calma melher, não "empaniques!"
Paguei 2.60 € pelo bilhete de ida e volta, e ala para o Oriente.
Depois dela chegar pensei melhor e fui com ela ao dentista, assim como assim, sempre faziamos companhia uma à outra (e eu nem me apetecia ir para casa).
Já com a peidola sentada na sala de espera do dentista, começa ela a mexer na minha mala (que é nova, heim...) e descobre numa das quinhentas mil bolsas que tem, a chave!
A desaparecida, a que me fez empanicar, lá tava ela a rir de gozo para mim!

Encolhi os ombros e disse: "Paciência!!"

Quando saimos do dentista, caminhamos um pedaço rumo ao combóio, e mesmo mesmo em frente à estação, eu, moizinha, a Lu, entala um salto na calçada, e sai disparada chão fora!!!!!
Ali tava eu esparramada na calçada, um joelho todo esfrangalhado, um cotovelo a sangrar (porra, a dor de cotovelo é demais!), a Ju empanicadinha e eu estranhamente só pensava que tinha as calças sujas.
Atrás de mim uma voz de homem: "Quer ajuda, minha senhora, quer ajuda??"
E balbuciei um "Sim..."
E o senhor e a Ju lá me ajudaram, entretanto ouço o homem dizer:

"Olhe que a senhora ainda é pesada!"
No momento nem liguei e tentei parar o sangue me corria pelo braço, e sacudir o pó da roupita, sim lesionada, mas limpinha.
Já a caminhar para a estação solta-se-me a verve!
"Olha o gajo, veio ajudar e depois diz que sou pesada? O boi, chamou-me gorda! Queria ajudar ajudava e caladinho!
Ora eu heim!
Inda por cima paguei 2.60€ para me mandar para o chão, vim aqui para cair! Eu não existo!"

A Ju chorava a rir e dizia "Ai que faço xixi, cala-te!"
E depois duma ida ao wc para reparar os danos e fazer o belo do xixi, seguimos para casa comigo sempre a dizer tolices e ela a rir.
Moral da história nem depois da queda me calei!
Ele há dias do caraças!!!!!!!!!



Luisa a "desnocada"(*)

(*) "Desnocada termo usado no Poceirão quando querem dizer que tamos feitas num 8!

7 comentários:

Ondinhas disse...

1 mimo no aquario!!!

beijos

mjf disse...

Olá!
Um desastroso...mas que deu para rir :=)
As melhoras

Beijocas

Pjsoueu disse...

Luisa:)

Comadre.momessê é incrivel..atão toda esparramada no chão ..xiii e ainda me provocas estes risos?..

Espero que já esteja curadinha da silva..lol

Xi,,,, num fosse eu formiguinha..só para t veri...a xingar o tal que te chamou d "Guerdinha"..bá..mas ele num sabe o que é a elegancia das formas belas e redondinhas...lol

beijos..

Pj

Tia Cremilde disse...

;)

gostei do relato! Não há desgraça que resista ao bom humor!

Quase nos 50 disse...

Bem menina é melhor ir benzer-se...ou à bruxa!
Espero que tudo tenha sido um daqueles infelizes episódios que nos acontecem de vez em quando.
Mas dizer a uma lady que ela é pesada.......falta de gosto!
Espero quelhe tenha rogado uma praga! ;-)
Bjs

mau feitio disse...

que dia... ufa, ja passou. ainda doi mto?

agora aprendeu a lição da vida para as mulheres. qdo nao se encontra alguma coisa, despeja-se a mala toda no chão. e lá estará o objecto perdido.

beijo

Madá disse...

ô Luísa, como tu só há uma no mundo todo, como se diz por aqui, 'Deus fez e jogou a fôrma fora"!
Aqui são 7.49 da manhã, eu ainda não dormi (passei a noite toda escrevendo a dissertação) e ao final, antes de ir deitar um pouquinho, abro o email e estás lá.
Venho para cá e tu me fazes chorar de tanto rir. Olha que nunca na minha vida eu tinha achado graça numa situação dessas! Desculpa amiga! Eu juro por tudo que é mais sagrado que me preocupei com seu machucado, a dor e tudo o mais. Mas a forma precisa como vc descreveu a situação me fez soltar lágrimas por aqui. Só vc para ter essa magia ao contar as tragédias do cotidiano com tanto humor e generosidade! deverias escrever roteiros para a tv, sabias? iam ser uma delicia assistir!
vou dormir mais contentinha, hehe.
Mas agora a serio, espero que não te tenhas machucado muito, que sares logo e que se fores lembrar do ocorrido não seja com dor, Ok?
Um beijinho, linda vc faz meu dia mais especial, que o seu também o seja! Fica c Deus sempre!