sábado, maio 23, 2009

Confissões

A chuva caía lá fora, o dia amanheceu cinzento, e aninhei-me mais um pouco ao lado dele...
Acordada pensava como é diferente o hoje e o "antigamente"...
Tinhamos em comum duas filhas, mas vidas meio separadas, eu vivia para elas, ele vivia para ele, nem sei bem se sabia viver para ele, queria apenas desresponsabilizar-se do que era complicado, como bom filho único, super-protegido e castrado de responsabilidades.
Mas vivia-se...
Havia algo que nos unia estranhamente, a química da pele, os momentos só a dois, aí reencontrávamo-nos, mas mal uma filha chamava: "mãe.." sentia que ele resvalava entre os meus dedos como grãos de areia.
Ele sempre adorou as filhas e sempre as colocou num plano superior em tudo, mas faltou-lhe a força de ser pai a tempo inteiro, ficou amargo com o facto de eu ser a cada dia mais mãe e menos a mulher dele.
Mas vivia-se...
A mãe dele vivia e vive connosco e então criámos dois mundos o meu e das meninas e o dele e da Santa...
A uma dada altura senti que vivia com ele, mas divorciada de tudo, em comum uma casa, 2 filhas e uma conta poupança...
E um dia falei o que tinha de falar:

"Quero o divórcio, se isto é o que me prometes-te quando casámos, mentiste-me e não vivo mais em mentiras. Eu amo-te acho que te amarei sempre, mas não quero viver assim. Escolhe .. ficas com a tua mãe ou ficas comigo..., as filhas são dos dois por mais que pareça que não... mas são, e um dia elas saem e eu antes disso tenho de decidir a minha vida!"
O silêncio era terrivel, as lágrimas que lhe afloraram os olhos, constrangeram-me, senti que estava a ser dura, talvez fria, mas não me arrependia do que tinha dito.
Calmamente eu disse, "eu tenho tudo falado como meu advogado, é só tu decidires e tens o tempo que precisares..."
Ele abraçou-me e disse que me entendia, que ia tentar mudar, as filhas eram já mulheres tinham os seus relacionamentos e ao ver isso, entendeu como tinha falhado comigo.
Às vezes são os filhos que ensinam os pais, penso que foi o caso.
Hoje somos finalmente um casal, que conseguiu lutar por um espaço só seu, a Casinha do Quintal, que já se trata como outrora "Amor..." e tenho medo, tenho tanto medo de perder o que alcancei... que vivo pedindo a Deus que me deixe ser feliz, já que não volto a viver mais 51 anos...
Acredito que Ele me vai proteger, porque preciso de acreditar que Algo ou Alguém me protege, numa vida que passei a proteger todos esquecendo-me de mim.
Luísa

9 comentários:

Quase nos 50 disse...

Querida Luísa
Costumam dizer "a quem Deus promete, não falta" e consigo isso aconteceu.
Ainda bem.
Todos merecemos ser felizes e lutar por isso.
A Luisa teve a sua 2ª oportunidade e agarrou-a com ambas as mãos.
Agradeço o seu convite e um dia aceitarei partilhar consigo umas boas gragalhadas e a companhia.Fica prometido!
Mas nos últimos dias tenho andado muito fragilizada e com as lágrimas sempre prontas a saltar e só me apetece estar só com os meus pensamentos.
Não vou publicar o seu comentário por razões óbvias mas já a adicionei aos meus contactos.
O meu endereço é adelaideraquelmarques@gmail.com.
Minha querida desejo-lhe um óptimo fim de semana com amor e Paz e um grande beijo no seu coração.
Beijinhos e um grande obrigada

mjf disse...

Olá!
Lu, tu és um exemplo de coragem...
Mas por vezes deixamos arrastar situações porque são comodas...
:=(

Beijocas
Obrigada pela partilha

Luísa disse...

Querida MJF


Antes que me estique a falar, bem hajas pela tua presença, pelas tuas palavras que me afagam, mas a verdade é q todas nos acomodamos até a coragem nos invadir e querermos o que é bom para sernmos felizes. Acredito que e a minha felicidade seria sp ao lado dele,daí a luta daí o desafio, pq o AMO, e sei que desde há 30 anos por mais homens que conheça ele é o homem da minha vida.

Bom fds e espero q tenhas ctg a filha e o husby este fds.

Luisa

D.Antónia Ferreirinha disse...

Pois é Luisa. Há tempo para tudo, até para se pôr um ponto final.
ainda bem que não foi um ponto final. Fico feliz por ti.
Beijinhos.

TERESA NETO disse...

Bom dia linda
Coragem sempre tiveste e ai está a prova. Beijus querida e que Deus te dê tudo o que desejas, Paz Amor Saude e muita Felicidade.
Teresa

PreDatado disse...

Preserva bem a casinha do quintal. Parece neste momento valer ouro.

Quase nos 50 disse...

Minha querida
Já estou melhor e um grande bem haja!
Espero que o pezinho tenha melhorado e que tenha uma excelente semana.
Bjs grandes...grandes

Pjsoueu disse...

Luisa...

Bom dia, querida comadre:)
Sabes? - Há um tempo para cá, tenho preferido ler-te em vez de comentar muito....

Leio cada linha e nas entrelinhas, fico com o olhar a piscar de admiração, sim porque te admiro pela frontalidade latente. Gosto de ti pela doçura, mesmo quando a franqueza é bem evidente...

Gosto de momessê porraaa. rss
Acredito que a felicidade, gradual e efectiva te vai sempre, acompanhar na viagem da vida:)

Beijos..muntossss
Do sê cumpadri" Pj

Luísa disse...

Toninha,

Ter-te de volta é mto bom sabias? Jà morria de saudade tuas. As vezes nem é bem um ponto final, é mais um alerta pq se deixarmos correr nem somos felizes e nem deixamos ser.



Pré

A minha Casinha do Quintal é um tesouro, que não tem valor igual. Fomos para lá ontem e hoje volto lá a dormir e amanhã é dia de regresso. è sp assim 2 dias na Casinha (nas folgas dele) e o resto em casa.



Quase nos 50

Afinal apesar de tar mau tempo no fds parece que algumas nuvens se dissiparam:))) Força, que as mulheres de armas vacilam mas não caem!
Um abraço gordo e fofo!



PJ

Tás no teu direito de nem sp comentar, às vezes não queremos dizer, ou nada temos a dizer, mas sabes q cmg podes ser emitir a tua opinião, até pq de ti vem sp muita paz, generosidade e alegria, é por isso que gosto de ti porra!
Abracinho (clap clap nas tuas costinhas) ai como eu gosto de te abraçar:)))))

Boa semana a todos(as)

Luisa