quarta-feira, julho 02, 2008

A arte de calar

silencio


"O silêncio é um momento vivificante de graça,
em que a criatura se cala,mas o espírito fala".


Calar
sobre a sua própria pessoa é humildade.

Calar
sobre os defeitos dos outros, é caridade.

Calar
quando sofremos, é heroísmo.

Calar
diante do sofrimento alheio é cobardia.

Calar
diante da injustiça é fraqueza.

Calar
quando alguém fala, é delicadeza.

Calar
quando alguém espera uma palavra, é omissão.

Calar
e não usar palavras inúteis é prudência.

Calar
quando Deus nos fala ao coração, é silêncio.

Calar
diante dum mistério que não entendemos, é sabedoria.

E sábias são as palavras quando emitidas no tempo e situação certas,
e como diz o velho ditado "saber calar é uma virtude".

Que falem os que o sabem fazer, e os outros guardem silêncio,
porque há silêncios que valem mais que mil palavras...

Deixo-vos:
Um beijo replecto de silêncios,
dançando a música das palavras certas...

Luísa

4 comentários:

João Videira Santos disse...

Gostei das multiplas definições a...calar.

Xinha disse...

Depois de ler isto ... fico ... calada !!! ;)

"O silêncio é um amigo que nunca trai." (Confúcio)

"O som aniquila a grande beleza do silêncio." (Charles Chaplin)


"O homem arruína mais as coisas com as palavras do que com o silêncio."(Mahatma Gandhi)


Gosteis das várias definições... !!

Xi-coração

Cila & Di disse...

E por aqui me calo...
Beijos silênciosos

Coragem disse...

E deixo-te o meu carinho no silencio destas minhas palavras.

Beijo imenso